Revolução de Amor Inspirações

Pergunto-te:

Quando eras criança, gostavas de ficar em casa quando te apetecia correr e brincar lá fora?

Gostavas de estudar, quando o que te apetecia era sentir o abraço dos teus pais e ouvir mais uma história de encantar?

Gostavas de trabalhar num local onde te sentisses mais realizado? Ou, para ti, o importante é ter um trabalho? Mesmo que não te sintas feliz; mesmo que, lentamente, te comeces a sentir frustrado e desanimado.

O que pensas ao ver impostos a aumentar, sem puderes dizer uma única palavra?

O que pensas das crianças que são obrigadas a trabalhar? Que são escravizadas?

O que pensas acerca dos animais que são abandonados nas ruas, maltratados, como se de objetos se tratassem?

Diz-me, o que pensas tu?

Vês dor e sofrimento ao teu redor? Vês pânico? Vês desespero?

Eu também vejo! Eu também o sinto.

Mas sabes, cabe-nos a nós mudar isso! É tarefa tua; é, também, tarefa minha! JUNTOS podemos mudas; JUNTOS podemos fazer a diferença!

O que pensas acerca das Mulheres que sofrem durante os seus partos? Sofrem não por não conseguirem suportar a dor física de parir, mas por verem os seus sonhos desfeitos numa cama fria de hospital.

O que pensas? Diz-me!

Sabias desta verdade? Sabias que Mulheres são maltratadas num momento que deveria ser, apenas, de beleza e transformação?

És pai? És mãe?

Como foi o teu parto? Foi digno de ti, enquanto Mulher, enquanto Ser?

Conta-me, gostava muito de saber!

 

Lembras-te quando, há pouco, te disse que a mudança está dentro de nós? É verdade! É tempo de mudar e essa transformação ocorre, primeiro, dentro dos nossos corações. Depois, com muito amor pelo nosso Ser e pelo Mundo, começamos a permitir que a mudança chegue a outros corações.

Dá-me as mãos e vamos trabalhar juntos! Dá-me as mãos e vamos acreditar que o AMOR é aquela força suprema cujo poder permitirá a cura; cujo poder permitirá que as crianças deixem de ser prisioneiras na educação; que as pessoas possam ter trabalhos que as deixem felizes; que as crianças, os animais e qualquer forma de vida seja livre e respeitada; que as Mulheres possam ter partos dignos, belos e inspiradores.

 

Lutemos, usando o nosso AMOR, para mudar o Mundo!

Com carinho, Liliana.

Foto de Chanel Baran


Sou a Liliana, mas todos me conhecem por Lili. Sou dança, sou Sol, sou música... sou riso, sou lágrimas, estações... sou o dia, sou a noite... sou um eclipse de sentimentos e sensações. Filha da Terra, Mãe d'Água de Coração! ☼