Elemento Água no parto Coluna Humaniza-te

Não é por acaso que praticamente todas as tradições antigas associem a água às nossas emoções.

Na medicina chinesa, por exemplo, o elemento Água, regido pelos Rins, quando equilibrado está ligado à sensação de coragem e segurança.

Diluidor universal e também condutor, a água é purificadora, e é aplicada de várias formas dentro da ciência da hidroterapia, e com absoluta maestria ao que se refere à assistência ao parto.

Um recurso simples, barato, e repleto de benefícios! O recurso a água não necessariamente significa ter um parto na água, ou seja, fazer o expulsivo na água, mas seja qual for a fase em que for usada, as suas vantagens são muitas.

É de consenso que o melhor momento para se entrar na água durante um trabalho de parto é quando as contrações começam a ficar mais fortes, por volta dos 5cm de dilatação, e é pensado assim porque a imersão pode diminuir a intensidade das contrações (e pode também ser usado para esse efeito, sendo muito útil para trabalhos de parto muito rápidos e com contrações muito intensas – a imersão pode ser utilizada para atenuar e retirar a pressão excessiva).

Diminui a pressão sanguínea e a ansiedade, e devido à diminuição do efeito da gravidade e ao calor, a água aumenta também a secreção dos apiáceos endógenos (hormonas relaxantes e analgésicos). Além da imersão a água pode ser utilizada em forma de duche, sprays, compressas e inclusive gelo, dependendo da necessidade.

O uso da agua é totalmente livre de riscos e possibilita também, em caso de necessidade, a administração de medicamentos e peridurais.

Durante a gestação os banhos de imersão, terapias e exercícios dentro d’água, além de trazerem os benefícios descritos acima, são uma possibilidade de experimentação do corpo gravídico, promovendo relaxamento e consciência corporal – extremamente importantes para o momento do parto.

Para mais informações sobre esta possibilidade de uso na água durante o parto veja a Lista de benefícios; a lista de Onde e Com Quem se pode ter assistência ao parto na água em Portugal; e outros textos inspiradores aqui mesmo – no site das Mães D’água.

Uma ótima semana, mães D’ água!

(imagem de Melissa Jean)


Mãe de Lenin e Manuella, Doula, Terapeuta Corporal, Instrutora de Yoga com foco em Gestantes e Crianças, da Associação Internacional de Ecologia Feminina,desenvolve e aplica projetos na área, workshops e atendimentos individuais desde 2008.