Página das maesDagua no fb apagada Especiais

No dia 26 de fevereiro, em dia de eclipse (e noite de lua negra), a nossa muito querida página pelo parto na água em Portugal, na plataforma facebook, foi apagada.

A-pa-ga-da

(Uff, suspiro baixinho)

A página em que trabalhámos, ininterruptamente, durante três anos, desapareceu.

Estamos tristes? Sim.
Revoltadas? Pois claro!
Com vontade de desistir…? Naaaaa 😀

Nós continuamos!
Porquê?

O que foi censurado na nossa página foram imagens de parto, aliás lindas, que são consideradas obscenas…
Mas não são.

O que vês tu numa imagem de parto?

Numa imagem de parto eu não vejo nudez. Vejo toque, conexão.
Mãos que se tocam – por vezes da Doula, do companheiro, daquela que agora nasce avó – e o carinho que mostram!
Olhares que se trocam – e a cumplicidade que demonstram!

Vejo mães e bebés que se olham pela primeira vez!
Há coisa mais cheia de milagre?! Não há!

Uma imagem.
Uma única imagem de parto pode ajudar a…

– Empoderar a Mulher ~ parir é um super-poder que só a Mulher possui!
– Libertar ~ ajudar cada um de nós a se libertar do medo, do preconceito, da dúvida de conseguir.
– Curar trauma ~ partilhar situações de superação pessoal ajuda no processo global de Cura.
– Celebrar o Corpo Humano tal como é ~ já pensaste nisso? Uma foto de parto não é uma imagem onde a mulher se vê “bonita”, ou “arranjada”, pelo contrário, são imagens de impressionante crueza! Mas ainda assim, elas sentem vontade de as partilhar…!? Poderoso!
– Espalhar oxitoccina/ Amor ~ a emoção retratada nas imagens de parto é contagiosa! Consegues conter as lágrimas, o sorriso, os arrepios que surgem?
– Inspirar ~ mulheres que vêm imagens de um parto feliz, procuram um parto feliz.
– Educar/ Criar mudança ~ para que um parto seja algo normal, natural, parte da vida saudável, precisamos de VER como é um parto. Se o que vemos nas salas de parto são sempre médicos e instrumentos (o modo como o parto é normalmente tratado pelos media), em breve não saberemos como decorre um parto natural.
– Transformar ~ o parto, sem dúvida, transforma todos os que nele participam, partilhar publicamente (para quem o deseje) permite eternizar este poder de transformação.
– Criar laços na família ~ ver as lágrimas do pai, a emoção da mãe, os sorrisos cúmplices entre os avós… é simplesmente precioso!

E muito mais!

Este é o nosso caminho, o que nos inspira a continuar.

Que fazer agora…?
Partilhar!
Contamos contigo para continuar a PARTILHAR!

As mães d’água precisam de um tempo para ganhar novo fôlego, definir estratégias, e criar novo material para continuar a inspirar-TE!

Por isso vamos estar desaparecidas aproximadamente um mês… mas não paradas!

Para quem deseje falar connosco o nosso Mail (info@maesdagua.org) continua activo! E ainda, quem quiser abraços ao vivo – os nossos favoritos! – vamos estar presentes em vários eventos!
Aqui vai a nossa agenda do mês de Março:

Festival Feminista do Porto, Porto – 5 de Março
Festival Zen, Lisboa – 25 e 26 de Março

Se estás connosco continua a partilhar-nos pela net, e usa os hashtag:

#naoDaParaParirVestida
‪#ParirNÃOéPornô‬
‪#maesDagua‬

Sempre, MUITO, carinho nosso,
~ Mães d’ Água

#liberdadeAoNascimento
#vamosMudarAimagemQueTodosNosTemosDoParto
#partoEsuperacao
#partilharEmpoderar
#maesDagua
#partoNaAgua
#partoNaAguaEmPortugal


Um coletivo de mães que fomentam o Parto na Água em Portugal.