O dia perfeito Grito na Lua Negra

Porque nem sempre há caos.

Nem sempre há choros e desafios.

Nem sempre há vontade de gritar e de estar sozinha.

Nem sempre há vontade para que durmas. Nem sempre vou para casa a desejar que adormeças na viagem para eu conseguir descansar também.

Nem sempre me preocupo se comes mal e só queres mamar.

Nem sempre estou mais de uma hora para te adormecer. Nem sempre acordas de hora a hora.

 

Há dias em que sabe bem ouvir “mamã!” com a urgência com que me chamas quando deixas de me ver. Há dias em que sabe bem acordar contigo a acordar-me e a sorrir para mim. Começas logo a falar ou a cantar e vamos juntas brincar. Há dias em que sabe bem ser interrompida no banho para ter a tua companhia e ter-te a mamar enquanto estou sentada na sanita. Há dias em que cozinho sem interrupções e comes tudo. Há dias em que queres pintar e brincar comigo, apenas eu e tu, sem televisão ou distracções.

 

Há dias assim, momentos perfeitos, nos quais me sinto plena e cheia de amor. Sorrisos sinceros, sorrisos que vêm da alma e são quentes com tanta ternura.

A minha vida tem mais sabor nestes momentos lentos… quando estou para ti… te aprecio sem me preocupar com a rotina e o que me rodeia.

Nestes momentos sou verdadeiramente feliz!!!

Grata meu doce

 

 


Cátia é mãe, mãe d´água de coração! Adora o conhecimento acerca do funcionamento do corpo humano, desenhar e brincar com a sua princesa. A Cátia é AO, terapeuta de Shiatsu e de Chi Kung, Naturopata e amante das medicinas complementares. Ela defende que devemos aprender a conhecer o nosso corpo e viver em harmonia com ele e com a natureza.