Documentos científicos e artigos recomendados

Preparamos esta página especialmente para quem deseja saber mais sobre o parto na água, através de documentos científicos e artigos importantes disponíveis na internet. Se quiser partilhar conosco algum documento que conhece e que não está aqui, envie um e-mail para sugestoes@maesdagua.org.

Imersão em Água no trabalho de parto

Essa revisão incluiu 12 ensaios clínicos (3243 mulheres). A imersão em água durante o primeiro período do trabalho de parto reduz de forma significativa a necessidade de analgesia peridural/raque, sem afetar negativamente a duração do trabalho de parto, a taxa de parto cirúrgico, ou o bem-estar neonatal…

Evidências científicas para o Parto na Água

Em Abril de 2014, o parto na água – um método alternativo de alivio da dor no qual a mãe pare numa piscina com água quente. A ocorrência que levou a segurança no parto na água para a ribalta foi uma Declaração de Opinião conjunta do Congresso Americano de Obstetrícia e Ginecologia…

Parecer sobre Parto na Água pela Ordem dos Enfermeiros

Todas as mulheres têm direito à assistência de que necessitam, individualmente, para um parto e nascimentos saudáveis. A assistência oferecida à mulher durante a gravidez e parto interfere diretamente com o seu direito à integridade física, à autodeterminação e à privacidade…

Parecer sobre parto em casa Pela Ordem os Enfermeiros

O parto em casa em Portugal é legal mas não existe no nosso país regulamentação formal para este tipo de parto. Para ajudar quem quer saber mais sobre esta opção partilhamos o “Parecer da Ordem dos Enfermeiros sobre Parto em Casa”.

A água como meio alternativo para o nascimento natural

Um interessante estudo que emergiu do interesse em compreender a experiência vivida pelas mulheres durante o seu trabalho de parto, em que o uso do banho de imersão foi utilizado como método de relaxamento para o controlo da dor. Leitura indispensável…

Nada indica que o parto na água apresenta risco para o bebe!

“Este é o maior estudo de partos na água feito até à data e o primeiro a analizar também esta prática nos Estados Unidos.” ~ Marit Bovbjerg (líder do estudo e instrutor de epidemiologia no College of Public Health and Human Sciences at OSU)…

Parto na Água e “risco de contágio"

Estudo sobre os riscos de contágio de Streptococcus do Grupo B -uma infecção provocada pela
bactéria Streptococcus
Agalactiae revela que foi comprovado
que o risco de contágio, em relação ao parto “em terra”,
é muito menor…

Direitos da mulher na gravidez e parto pela APDMGP

Informação essencial para todas a mulheres, este documento sobre os “Direitos da Mulher na Gravidez e Parto” pela APDMGP (Associação Portuguesa dos Direitos da Mulher na Gravidez e Parto).

Comunicação Livre - Midwifery Model of Care: um modelo à implementar em Portugal?

Países como Inglaterra, Canadá, Austrália, Holanda, entre outros, conservam a tradição de parto em casa e de assistência obstetrícia por Parteiras baseadas num modelo de continuidade – o Midwifery Model of Care, cujos resultados têm hoje prova científica quer ao nível de indicadores obstétricos quer ao nível de satisfação das mulheres. Será que este modelo é um modelo a implementar em Portugal?

Parecer da ACOG sobre parto na Água (nº 679, Novembro de 2016)

“Immersion in Water During Labor and Delivery” – imersão em água durante o trabalho de parto e parto:

Modelo de Carta: Parto na Água nos Hospitais

As mães d’água acreditam que a mudança está na mão de cada uma de nós.

Neste momento nenhum hospital do nosso SNS oferece a opção de parto na água, que fazer? Como podes ajudar a mudar o panorama do parto no país? Manifestando este interesse, falando desta vontade, divulgando os seus benefícios e exigindo – sim, como um direito nosso – o uso da água em todos os hospitais.

Se não pedimos parto na água, não vamos ter parto na água!

Em anexo a nossa sugestão de carta para enviar para o teu hospital de eleição. Esta carta pode não criar mudança imediata, mas as equipas vão saber o que as Mulheres deste país desejam!