Inês Sobral

Inês SobralSou arquitecta por vocação e paixão numa simbiose entre a ciência (a minha parte racional e objectiva) e a arte (o meu lado emocional e criativo) que me define e pauta o meu estar na vida.

Em 2011, após 14 anos de estudo e trabalho no Porto, mudei-me para Setúbal, por Amor, e foi a melhor escolha de vida que fiz. Ser mãe completou-me enquanto indivíduo de um modo muito mais intenso do que estava à espera e trouxe-me mais paz e segurança. Tornei-me sem dúvida uma pessoa melhor, mais generosa e mais capaz de entender o próximo.

Ter escolhido ser Mãe d’Água foi um acto muito consciente, para defender e garantir o bem-estar do meu filho na sua transição, pacífica, para o mundo exterior; e para o meu bem-estar também, para estar consciente em todo o processo de parto, sentir o meu filho a nascer e poder prestar-lhe todos os cuidados necessários desde o primeiro momento.

Ter o privilégio de viver um parto a três e ter o pai do meu filho a ajudá-lo, literalmente, a nascer, foi uma bênção e é um sentimento de poder e força humana indescritíveis.

Estou aqui porque acima de tudo defendo o direito dos casais a uma escolha informada e consciente sobre o tipo de parto que desejam. Acredito no poder da força conjunta e neste grupo de mulheres que se uniram para mudar mentalidades e assegurar e defender a liberdade de escolha. Esta é a minha motivação pela defesa e promoção do Parto na Água em Portugal, movimento ao qual me juntei desde o início e que vem ganhando cada vez mais espaço na minha vida enquanto activista.

Tenho um papel mais direccionado para a parte operativa, com o aproveitamento das minhas competências profissionais, revisão de conteúdos e contacto com entidades.


Encontre a Inês no Facebook | Credito da Imagem: Rute Soares